Sá de Miranda

Sá de MirandaVida e Obra

Sá de Miranda (1481-1558) nasceu em Coimbra. Formou-se em Leis e foi poeta e dramaturgo. Viveu em Itália, onde conviveu com vários escritores, trazendo para Portugal novidades literárias, como o soneto, a canção, a sextina, as composições em tercetos e em oitavas e os versos de dez sílabas. Participou nos Serões do Paço, onde terá travado amizade com Bernardim Ribeiro. Depois de 1530 afasta-se da Corte, indo viver para a Quinta da Tapada, onde redige parte importante da sua obra.
Escreveu diversas composições poéticas, a tragédia Cleópatra, as Comédias Estrangeiros e Vihalpandos e algumas cartas em verso.

Leitura Escultórica

Escultura
No primeiro plano apresenta a figura do poeta “em bronze”, com cerca de três metros. A sua silhueta projeta-se no plano vertical “aço corten”, o recorte é dado pelo vazio, lugar onde cobre o indizível que é característica da obra dos grandes criadores como foi Sá de Miranda.
No plano horizontal, posterior à silhueta projeta-se a imagem na terra. Sá de Miranda morreu, mas o homem que disse “Antes quebrar que torcer”, não há terra que o coma.

Escultor
José Rodrigues

Pétala 6

Seja sociável, partilhe !

    Deixar uma resposta