Recitário

Não se pretendem diseurs. Mas serão bem-vindos. Procura-se arrojo. E vontade de dizer um poema. Em voz alta. Para alguém em particular. Para o mundo.
Tem uma câmara de filmar ou um telemóvel à mão? Tem um poema favorito? Um poema de amor talvez? De sátira? De crítica social? Qualquer que ele seja. Aclare a voz e partilhe.
Faça uma gravação no Parque dos Poetas, envie-nos o ficheiro e deixe o resto connosco.
Os vídeos não devem exceder os 30 segundos e ser enviados para o endereço de correio eletrónico parque.poetas@cm-oeiras.pt ou através deste formulário.

Seja sociável, partilhe !

    Deixar uma resposta