Gustavo Bastos

Nasceu na Figueira da Foz em 1928. Iniciou o curso de Escultura na ESBAL e terminou-o (vinte valores) na ESBAP. Aí iniciou a carreira docente, sendo o primeiro Professor Catedrático de Escultura em Portugal e ensinando várias gerações de artistas plásticos. Personalidade singular, marcou as artes do séc. XX português com trabalhos originais como: Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, a Inês de Castro, a Menina-Anjo, os Baixos-relevos da Ponte da Arrábida, o Portal da Faculdade de Ciências Matemáticas, o Conjunto Escultórico de Matosinhos, as representações da Justiça em Tribunais, as peças escultóricas dos Palácios da Justiça (Lisboa e Porto), e o Monumento a António Ferreira. Está representado em várias coleções públicas e privadas em Portugal e no exterior. Faleceu em 2014.

Seja sociável, partilhe !

    Deixar uma resposta